Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Renderização’ Category

HDRI ou HDR que é um acrônimo para High Dynamic Range (traduzindo seria Alto alcance dinâmico) é um formato de imagem que concentra a variação de luminosidade de um ambiente. Nesse tipo de imagem podemos concentrar a variação de luminosidade de várias imagens de um mesmo ambiente em uma única imagem, podendo assim controlar essa variação entre o menor e o maior valor. É daí que vem o alcance dinâmico, que praticamente é a quantidade de luz em diferentes intensidades.

Esse tipo de imagem consegue gravar, além das informações de cores, as informações de variação de luminosidade. Para se obter uma iluminação de ambiente realista, podemos mapear o ambiente com uma imagem do tipo HDR. O Blender permite usar essa imagens para mapear o ambiente e obter uma iluminação convincente, sem a necessidade de nenhum tipo de luz do programa e de maneira rápida.

Neste tutorial aprenderemos como configurar o Blender para usar imagens HDR.

  1. Abra uma cena na qual você deseja aplicar a iluminação de uma imagem HDR. Caso não tenha, crie uma cena como na imagem abaixo e aplique um material na Suzanne com os parâmetros definidos na segunda imagem. Aplique ainda um modificador Subdivision Surface e suavize a malha clicando em Smooth, na seção Shading da Shelf Tools (atalho T) .
  2. Exclua qualquer lâmpada que esteja na cena.
  3. Com cena devidamente construída, clique no painel Textures na janela Properties.
  4. Agora devemos escolher o tipo de dados da textura, para tanto clique no segundo botão (World) para criarmos uma textura para o ambiente.
  5. Selecione um slot de textura – aqui selecionamos o primeiro – e clique em New. Em Type selecione Image or Movie.
  6. Agora devemos abrir uma imagem em HDR para mapear o nosso ambiente. Para isso, na aba Image, clique em New. Navegue até a pasta onde sua imagem está arquivada e clique em Open Image. Se não tiver uma imagem deste tipo você pode estar baixando clicando no link do site openfootage.
  7. Ainda no painel de texturas role até a aba Mapping e em Coordinates selecione o tipo AngMap.
  8. No mesmo painel, vá até a aba Influence e ative a opção Horizon.
  9. Mude para o painel World. Na aba World ative a opção Real Sky. Ative a opção Environment Lighting e altere o tipo de Environment Color para Sky Texture.
  10. Na aba Gather aumente o número de Samples para 15. Renderize sua cena.

Você pode configurar os ajustes da imagem, como brilho, contraste, saturação, níveis de cor na aba Colors do painel Textures. Pode alterar o deslocamento, que funciona como uma rotação tridimensional da imagem nos parâmetros de Offset e a escala da imagem  no mesmo painel, na aba Mapping. Na aba World do painel de mesmo nome, você pode fazer o controle da exposição e a extenção das cores.

Então é isso aí. Esse é mais um tutorial da blenderP3D que visa lhe ajudar em suas produções em 3D no Blender ou ser mais uma alternativa em seus projetos. Esperamos ter ajudado e qualquer dúvidas poste nos comentários.

Sucesso!

Read Full Post »

O Luxrender é uma engine de renderização unbiased que produz imagens realistas e com qualidade fotográfica através de algorítimos que simulam o fluxo de luz de acordo com as equações físicas.

Neste tutorial iremos mostrar como instalar e ativar o Luxrender no Blender versão 2.59. Em versões anteriores a essa, testamos a partir da 2.56, e, portanto, não conhecemos o funcionamento em versões anteriores na série 2.5

1. Primeiramente vá até a página de downloads aqui no blog (se seu SO for Windows e se você possui placa de aceleração gráfica) ou na página http://www.luxrender.net, na aba Download selecione a versão do seu sistema operacional. Se você possui placa de vídeo, selecione uma das opções de 32 ou 64 bits – dependendo da arquitetura do seu processador – na listagem “OpenCL enabled version (for GPU acceleration)”. Você tem ainda a opção de baixar a versão de instalação ou a versão compactada. Para este tutorial a versão adequada é o Luxrender v0.8 , versões anteriores não fucionarão. Usaremos aqui a versão de instalação.

2. Com o setup do Luxrender devidamente baixado iniciaremos a instalação. Dê um duplo clique no instalador do Lux para iniciarmos a instalação.

3. Na tela de boas-vindas clique em “Next”. Na tela seguinte ative a opção “I accept the agreement” para aceitar as condições de utilização e clique em “Next” para avançar. Na próxima tela selecione a pasta onde o Lux será instalado, no nosso caso deixamos o caminho padrão.
4. Na janela “Select Components” tire da seleção a opção “LuxBlend – Exporter for Blender 2.49”, caso você não tenha o Blender  2.49 instalado. Deixe as opções “LuxRender25 – Exporter for Blender 2.5” e “PyluxRender integration for Blender 2.5 x86 SSE2” (…x86 SSE2 é a aquitetura do processador, no caso 32 bits) ativas, pois são elas que farão a integração do Blender com o LuxRender. Clique em “Next”.
5. Agora, muito importante! Verifique o caminho de instalação do plugins de exportação e integração do Blender para o LuxRender. Eles têm que necessariamente serem instalados no diretório de scripts do Blender. No nosso caso: C:\Users\BlenderP3D\AppData\Roaming\Blender Foundation\Blender\2.59\scripts. Clique em “Next”.
6. Nas janelas posteriores clique em “Next” até que inicialize a instalação. Deixaremos as opções padrão.
7. Depois de instalado, clique em “Next” na janela “Information”. Na janela de confirmação da instalação desmarque a opção “Lauch LuxRender” e clique em”Finish”.
8.  Pronto, o LuxRender já está instalado. Agora precisamos ativá-lo como renderizador  no Blender.
9. Com o Blender 2.59 aberto, clique em File >>User Preferences (Ctrl+Alt+U).
10. Selecione a aba Add-Ons e clique na sessão Render. Identifique o LuxRender e ative-o clicando na caixa de seleção à direita.
11. Se você quiser que o Luxrender fique ativo no Blender como padrão, clique em File>> Save User Settings (atalho: Ctrl+U). Cuidado ao salvar como padrão, pois o Blender salva a interface do jeito que ela se apresenta no momento que se usa esta opção. Caso queira voltar às configurações padrão de usuário clique em File>>Load Factory Settings.
12. Agora pra poder usar o LuxRender como renderizador, devemos escolhê-lo no “Header” da janela “Info” (no topo da 3D view).
13. Após modificar o renderizador para o Luxrender, as propriedades de materiais, textura e renderização são modificadas na janela “Properties” adequando-se as características do renderizador.

Então é isso. Sucesso e qualquer dúvida postem nos comentários!

Até a próxima!

Para baixar a versão em PDF deste tutorial, clique AQUI.

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: